sábado, 27 de outubro de 2012






"Ele disse coisas lindas, e eu comecei a chorar. Me beijou, mas querendo fugir mim, disse que não conseguia. Me beije, sou tua. Tu é a mulher da minha vida. Mas agora não"

terça-feira, 17 de julho de 2012



                          Tem dias que acordamos normalmente.
                          Sem esperanças para esse dia, sem anseio.
                          E ao anoitecer, temos a certeza que foi apenas mais um dia.
                          Em outros casos, acordamos sorrindo, com expectativas imensas
                          para esse dia.
                          Imaginamos cada segundo dele. E sonhamos que seja o melhor dia.
                          E apenas sinto isso, quando durmo ao teu lado, acordo em teus braços,
                          e de café da manhã provo o melhor beijo.
                          Tenho a melhor tarde, sorridente e engraçada. Ao anoitecer vejo que
                          o dia está longe de acabar, que ao teu lado tenho as melhores sensações.
                          E ao dormir penso que foi simplesmente mais um dia, intenso,
                          um dia delicioso, e que quando acordo no  seguinte, sei que foi real,
                          e que tenho todos os dias de minha vida assim.

quarta-feira, 7 de março de 2012

BASTA.

Comecem a querer conhecer as pessoas por dentro, e parar de julgar elas somente pela aparência. Por favor.

domingo, 5 de junho de 2011



                                       No decorrer da nossa vida,
                                       nos apaixonamos muitas vezes,
                                       nos entregamos. Tudo passa...
                                       E apenas nos deixam boas lembranças.

                                       Até que conhecemos a pessoa que
                                       faz da tua vida um turbulhão
                                       de sentimentos e sensações.
                                       Do que você pensava que era uma
                                       vida incompleta, hoje, você não se
                                       sente mais sozinha, sabe que existe
                                       uma pessoa que é capaz de tudo
                                       para te fazer sorrir, você sabe que
                                       ao lado dela você está completa,
                                       não sente medo algum, e sim,
                                       sabe que sem ela, você já não é mais nada.
                                       E é dessa maneira, que você aprende
                                       o que é o amor verdadeiro e maduro.
                                       E é assim que eu te digo:
                                       -Giordano Bruno, eu amo você!

                                        Feliz três meses de namoro, meu amor.

Sou completa.







                              Falar de amor pode parecer clichê para algumas pessoas.
                              Algumas dizem que jamais seriam capazes de amar.
                              Outras dizem que não saberiam viver sem o amor.
                              E quando esses dois seres, com pensamentos completamente
                              diferentes, se encotram?
                              Você ainda tem dúvidas do que pode acontecer?
                              Eu não!
                              Pois claro, isso aconteceu comigo, e hoje, posso dizer...
                              Sou completa.

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Masturbação.





  


   Bom, o assunto desse desabafo, foi um pedido anônimo, então para vocês: Masturbação.
   Primeira vez que escutei a palavra ''masturbação'', foi aos meus 13 anos de idade, na sétima série, com a professora, acredite ou não, Maria Pinto, conotativo, não?
 

   Maturbação: Realização de todos seus desejos; Matar a saudade; Tesão.


                                     Realização de todos seus desejos.

    Imaginações, nas horas menos apropriadas, ou exatamente no momento que queremos. Imaginações fortes, onde realizamos todos nossos desejos mais proibidos, ou que jamais poderiamos realizar.
    Onde o sangue começa a correr mais forte, calor a flor da pele, e desejo? Querendo suas mãos!
    Mãos que deslizam lentamente onde a vontade é maior. Tuas mãos fazendo exatamente o que tua imaginação manda.


                                     Matar a saudade.


    Por mais que tenhamos sempre alguém junto a nós para matar nossos desejos, sempre há um momento em que a vontade aparece, e estamos sozinhos em um escuro quarto, tendo que satisfazer nossas próprias vontades, e saudade.


                                     Tesão.

    Depois de imaginarmos, de sentir saudade, e querer matar todo aquele tesão, começamos a agir.
    Mãos, dedos deslizando em parte intíma, sentindo todo seu tesão, transformado em estímulos sexuais. Dedos entrando e saindo cada vez mais rápidos, gemidos e calor cada vez mais fortes, querendo logo gozar, mas ao mesmo tempo querendo que aquele momento durasse para sempre.